Sandro Alex e Paulo Balansin pleiteiam R$ 2,5 milhões para o Operário Ferroviário

O Operário Ferroviário Esporte Clube (Ofec) pleiteia R$ 2,5 milhões do Ministério do Esporte, através da Lei de Incentivo ao Esporte, para investir nas categorias de base do clube. Neste sentido, o deputado federal Sandro Alex (PSD) e o vereador Paulo Balansin (Podemos) – que é vice-presidente do Ofec – cumpriram agenda, nesta terça-feira (29), no Ministério, para tratar da liberação dos recursos.

A ideia é usar o dinheiro para as categorias de base e também para construção de um Centro de Treinamento, antigo desejo da diretoria do clube. Também participaram da reunião o presidente do Ofec, Álvaro Góes, e o diretor jurídico do clube, Rodrigo Sautchuk.

O grupo foi recebido em Brasília pelo diretor do Departamento de Incentivo e Fomento ao Esporte, José Cordeiro da Silva Muricy, pelo assessor da diretoria do Ministério, Luiz Ricardo Montenegro, e pelo chefe da assessoria do ministro, Richard Gomes da Silva.

De acordo com os diretores do Ministério, o Ofec poderá nos próximos dias ter a liberação publicada em Diário Oficial para que possa levantar os recursos. A Lei de Incentivo ao Esporte prevê que as empresas possam direcionar até 6% do Imposto de Renda para projetos esportivos. Porém, é necessário a autorização do Ministério para que um projeto pleiteie esses recursos.

Sandro Alex, que intermediou a liberação em Brasília, destacou à equipe do Ministério que o Ofec vive um bom momento no futebol paranaense e nacional, estando na final da Série D do Campeonato Brasileiro, e que os recursos poderão ser empregados na formação de novas gerações de jogadores. “Investir na base é bom não só para formar futuros jogadores, mas também para auxiliar na formação de vida desses jovens”, ressalta o deputado.

Balansin agradeceu a receptividade no Ministério e enfatizou que o clube irá trabalhar para finalizar o processo nesta semana, para que o Ministério possa fazer a autorização para captação dos recursos já na semana que vem.

Álvaro Góes convidou a equipe do Ministério para que acompanhe a final da Série D no próximo dia 10 de setembro, no Estádio Germano Krüger, para apresentar a eles a estrutura atual e a grande torcida que o clube possui, que certamente ficará grata ao Ministério pelo investimento.

Muricy afirmou que aguarda os últimos encaminhamentos para finalizar o processo. “A intenção da Lei de Incentivo ao Esporte é justamente premiar instituições sérias e investir na formação de jovens que procuram uma oportunidade”, declarou.

Informações da Assessoria de Imprensa

Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: