Rudolf repudia exposição de arte que expõe crianças à cenas de nudez

Líder do Governo apresentou moção de repúdio à apresentação registrada no Museu de Arte Moderna em São Paulo

Líder do Governo na Câmara Municipal de Ponta Grossa (CMPG), Rudolf ‘Polaco’ (PPS) apresentou uma moção de repúdio contra a intervenção de arte La Bête, parte de uma performance apresentada na abertura no Panorama de Arte Brasileira, sediada no Museu de Arte Moderna (MAM) de São Paulo. O tema dominou os discursos durante a comunicação parlamentar na segunda-feira (2).

A moção de repúdio também foi assinada pelo vereador Jorge da Farmácia (PDT), membro da Mesa Diretora e deve entrar na ordem do dia do Legislativo na próxima quarta-feira (3). Segundo Rudolf, importante lembrar que o papel da arte é trazer conhecimento e não expor crianças à situações vexatórias. “Uma pessoa em sã consciência não pode concordar com o que aconteceu nessa exposição, pra mim isso é crime, é pedofilia e deve ser tratado e julgado pelo Código Penal e pelo Estatuto da Criança e Adolescente [ECA]”, defendeu Rudolf.

O vereador do PPS destacou ainda que a polêmica exposição trouxe prejuízos ao setor artístico. “Muitos produtores culturais com trabalhos sérios acabam saindo prejudicados, não é possível colocar crianças em situação tão problemática, inclusive com acusações de pedofilia, o papel da arte não é esse”, defendeu o líder do Governo na Câmara Municipal.

Rudolf lembrou ainda que é necessário respeitar o direito de expressão, mas também a integridade das crianças. “Não podemos confundir isso com uma suposta peça de arte que agride a integridade das crianças e os bons costumes, principalmente em um momento tão conturbado do país e em uma obra bancada com dinheiro público”, defendeu o líder do Governo. A moção foi assinada por todos os parlamentares.

%d blogueiros gostam disto: