Prefeitura disponibiliza informações referentes ao Plano Municipal de Saneamento Básico

A partir de amanhã (1), a Prefeitura Municipal de Ponta Grossa, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA), deixará disponível em sua plataforma todas as informações referentes ao Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB) da cidade referente a água e esgoto. A população terá acesso ao estudo e também poderá tirar dúvidas referente ao assunto (www.pontagrossa.pr.gov.br/smma/pmsb). O documento permanecerá online por 30 dias, até 31 de agosto de 2017.

Toda a documentação foi montada após uma audiência pública em fevereiro de 2016 referente a revisão do PMSB, onde foi estabelecido quais as necessidades de água e esgoto para os próximos anos. Este plano envolve objetivos, metas, expansão da rede, de reservatórios, de novo manancial de água, entre outros itens contemplados.

“Depois da audiência pública de 2016 foi feita uma nova revisão que agora está sendo apresentada. O estudo estará disponível na internet para que as pessoas se manifestem sugestões, através do formulário no site”, destaca o secretário da pasta, Paulo Barros. Este novo plano também será enviado para o Conselho das Cidades e para o Conselho de Meio Ambiente, através de ofício. Todos os questionamentos serão respondidos pela equipe técnica da SMMA.

Após a fase de apreciação, sugestão e questionamento, será marcada uma audiência pública, em meados do mês de setembro, para discussão do PMSB. “É muito importante que as pessoas tenham acesso ao documento, participem da audiência pública e passem a conhecer a sua realidade. Desta maneira perceberá onde existe a necessidade de incremento que já previsto no plano. É importante saber também que tem obras que acontecerão ao longo dos anos, devido a questões de crescimento da cidade. Desta maneira a discussão será mais ampla”, ressalta Barros.

Investimentos

Serão vários tipos de investimentos, entre eles: na captação (da coleta da água, até a estação de tratamento), no tratamento de água, na reserva e distribuição de água, no reforço e aumento da rede.  Os investimentos também serão aplicados na rede de esgoto.
Hoje, o sistema de abastecimento de água atende 100% da população urbana do munícipio e com essas obras será possível garantir a continuidade e qualidade nos serviços de abastecimentos no município. Já o esgotamento sanitário atende 89,19%³ da população urbana e poderá chegar a atender 95% após a implementação do PMSB.
“O plano está bem detalhado, destacando todas as necessidades e melhorias que devem ser feitas. Para cada observação houve estudo de investimento e também os anos que deverão ser desenvolvido as etapas, tudo pode ser consultado”, diz Barros.

%d blogueiros gostam disto: