Ponta Grossa recebe representante da Organização Panamericana de Saúde e do governo cubano

Nesta semana a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) recebeu a visita do representante da Organização Panamericana de Saúde (OPAS), Francisco Pérez e o coordenador estadual do Programa Mais Médicos, Victor Valdez. Segundo eles, devido ao bom trabalho realizado com os médicos intercambistas na Atenção Primária do município, Ponta Grossa pode virar referência no Brasil no que diz respeito aos bons resultados.

Ponta Grossa está entrando no quarto ano com o Programa Mais Médicos e foi a que mais recebeu profissionais, 60 no total. Segundo Francisco Pérez, auditor interno da OPAS eles vieram até a cidade para conhecer as experiências desenvolvidas. “A integração dos profissionais da saúde municipal com os médicos cubanos, a acolhida que a Prefeitura Municipal deu aos profissionais, a receptividade do programa e os bons resultados se destacam”, comenta o auditor.

Além da reunião os representantes foram visitar algumas unidades, conversar com usuários e médicos e melhor acompanhar o programa na região. “É muito bacana saber que estamos no caminho certo. Que podemos contar com estes profissionais e continuar desenvolvendo trabalhos de promoção e prevenção a saúde. A vinda deles trouxe outra realidade para a atenção primária”, destaca o secretário adjunto de saúde, Robson Xavier. Para ele, o encontro foi uma forma de conhecer as estratégias que o município adotou e para que a OPAS possa melhor avaliar e compartilhar, com outros municípios.

 

 

%d blogueiros gostam disto: