Pauliki liberou somente esta semana R$ 1 milhão para cidades de sua base

Esta semana, Pauliki já entregou perto de R$ 1 milhão em recursos para as cidades de sua base de atuação. Além de um ultrassom para a Santa Casa de Ponta Grossa e mais R$ 250 mil para 10 academias ao ar livre para diversas cidades da região, Pauliki liberou R$ 656 mil para cinco municípios em viagem à região do Norte Pioneiro. O parlamentar esteve em Sengés, Wenceslau Braz, Arapoti, Jaguariaíva e Santana do Itararé. Na oportunidade, ele também visitou entidades que são contempladas pelo programa Nota Paraná Solidária, do qual Pauliki é o idealizador junto com o governo do estado.

Além disso, o deputado reuniu-se com lideranças políticas para debater o plano de governo do pré-candidato ao governo do Paraná, Osmar Dias. Pauliki é o responsável por debater iniciativas para em prol do setor da indústria e comércio para formular o plano de governo de Osmar. “Estamos ouvindo as lideranças buscando quais são as principais demandas que precisam ser contempladas e planejadas a nível estadual ”, afirma Pauliki.

Em relação aos recursos, a cidade de Wenceslau Braz foi contemplada com R$ 402 mil, que estão sendo destinados para uma Amarok para a Polícia Militar da cidade, revitalização da praça, veículo para a agricultura e kit de material esportivo.

A cidade de Santana do Itararé ganhou R4 44 mil para a aquisição de duas carretas agrícolas. Já Sengés será beneficiada com R$ 50 mil para um veículo para a Secretaria de Agricultura da cidade e Jaguariaíva foi contemplada com R$ 80 mil para a compra de um raio-x. Também o município de Arapoti recebeu R$ 80 mil para a aquisição veículo para a área social e a compra de óleo diesel.

“Este é o ano que estamos colhendo os resultados de dois anos de trabalho técnico e político que desenvolvi durante meu mandato, conseguindo assim levar importantes recursos e atendendo diferentes demandas da nossa sociedade e contribuindo para as pequenas e médias cidades do Paraná”, ressalta Pauliki.

Estes recursos são possíveis devido aos dois anos de trabalho técnico e político que Pauliki tem desenvolvido desde o início de seu mandato.

Nota Solidária

Com o programa Nota Paraná Solidária, as notas fiscais sem CPF podem ser destinadas para essas instituições que prestam atendimento nos setores de assistência social, saúde, cultura e educação. “Estamos visitando as instituições para saber como está o processo de arrecadação e quais medidas podemos tomar para ampliar o programa em todo o Paraná”, afirma o deputado.

%d blogueiros gostam disto: