Pauliki aprova construção de 18 pequenas hidrelétricas no Paraná

O deputado estadual Marcio Pauliki aprovou, como relator da Comissão de Obras Públicas, Transportes e Comunicação o projeto da construção de 18 Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) no Paraná. O projeto passou por estudos técnicos e análises antes de receber o parecer favorável.

“Tivemos muito cuidado neste projeto e, para tanto, nos debruçamos para verificar as reais condições da construção dessas usinas. Como foi constatado que todos os estudos ambientais estão favoráveis, também votamos favoráveis ao projeto”, afirma Pauliki.

O projeto, que tramita em regime de urgência, havia sido discutido em reunião na semana passada, mas teve votação adiada a pedido do próprio Pauliki. Ele alegou na ocasião que o grande volume de informações a respeito dos empreendimentos demandava uma análise mais criteriosa.

“Nossa preocupação era observar questões pertinentes ao impacto ambiental. Verificamos a documentação referente ao Instituo Ambiental do Paraná, bem embasada, e optamos pela aprovação. Serão mais de mil empregos que serão gerados com as PCHs e, além disso, as usinas contribuirão para a geração de renda”, ressalta o parlamentar.

Dentre as 18 PCHs, três estão inseridas na região em que Pauliki atua: uma Jaguariaíva, uma para as cidades de Tibagi e Carambeí e outra para Prudentópolis. O parecer do deputado foi aprovado por unanimidade pelos demais membros da Comissão e agora seguirá para votação no plenário da Assembleia Legislativa.

As PCHs são usinas hidrelétricas de tamanho e potência relativamente reduzidos, conforme classificação feita pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) em 1997. Esses empreendimentos têm, obrigatoriamente, entre 5 e 30 megawatts (MW) de potência e devem ter menos de 13 km² de área de reservatório.

 

%d blogueiros gostam disto: