Paraná vai representar o Brasil no Desafio Mundial de Resgate

Duas equipes paranaenses vão representar o Brasil no Desafio Mundial de Resgate 2017, que será realizado em setembro, na Romênia. A equipe Siate Curitiba e a equipe Samu Norte Novo, de Maringá (Noroeste) conquistaram o primeiro e segundo lugar no Desafio Nacional do Trauma, promovido pela Secretaria de Estado da Saúde, em parceria com a Associação Brasileira de Salvamento e Resgate.

A etapa nacional foi realizada na semana passada, em Curitiba, e reuniu equipes de resgate de todo o país em simulações de atendimentos pré-hospitalares. A competição visa a troca de experiências e o estímulo ao aperfeiçoamento de técnicas de resgate.

Vinte equipes de todo o país foram avaliadas em situações que compreendiam o atendimento a agressões com arma branca, atropelamentos, quedas em altura, colisões de motocicletas e automóveis e demais traumas.

PÓDIO

Além das duas primeiras colocações, o Paraná garantiu também o 4º e 5º lugar na competição. A terceira colocação geral foi conquistada pela equipe do aeromédico do Ceará. O Corpo de Bombeiros 6º GB, de Araucária (RMC) e o Samu Regional Litoral completam o pódio.

Apenas os dois primeiros colocados possuem vaga garantida para o mundial. Entretanto, as equipes que ocupam da 3ª à 5ª colocação também poderão viajar para o leste europeu dependendo da disponibilidade de vagas baseada na classificação dos outros países.

DESAFIO

O Desafio é o maior evento de atendimento simulado no país e está em sua segunda edição. A primeira aconteceu no ano passado e selecionou mais de 100 profissionais do Paraná para o Desafio Mundial de Resgate 2016. A competição a nível mundial ocorreu em Curitiba no mês de outubro e reuniu cerca de 800 profissionais que trabalham com resgate e salvamento em 17 países.

%d blogueiros gostam disto: