Altair Ramalho (+) – Começou sua carreira no rádio ainda muito jovem, no início da década de 70, como locutor da Rede de Alto Falantes de Ponta Grossa, a RAF, de Carlos Affonso Buch, com sede no Edifício Marieta e alto-falantes (cornetas) espalhados pela Avenida Vicente Machado. Foi convidado pelo diretor da Rádio Santana, Abib Filho, para fazer um teste. Aprovado de imediato, fez sucesso na programação que era líder de audiência em Ponta Grossa.

Passou a se dedicar também ao jornalismo, começando essa atividade no Jornal da Manhã, passando, depois, pelo Diário da Manhã, do jornalista Adail Inglês, tornando-se um dos principais jornalistas políticos de Ponta Grossa.

Foi também, um dos grandes nomes da televisão ponta-grossense, primeiro na TV Esplanada Canal 7, muito tempo depois como diretor de Jornalismo da TV Educativa.

Trabalho enquanto viveu, encerrando sua passagem pela imprensa na Rádio Tropical (Rádio T), com programa de grande audiência nas manhãs, e assinando sua coluna “Revelações da Política” neste Plantão da Cidade.

Nascido no dia 21 de outubro de 1953, Altair Ramalho faleceu em 24 de setembro de 2013.