30/12/2016
Marcelo Rangel anuncia nomes para o secretariado do próximo governo

Assessoria

O prefeito reeleito, Marcelo Rangel, acompanhado da vice-prefeita eleita, Elisabeth Schmidt, reuniu a imprensa na tarde desta sexta-feira, para anunciar algumas das reformas administrativas que serão implementadas no próximo governo, e também o nome dos secretários municipais para a gestão 2017/2020.

Infraestrutura
Entre as alterações, será criada a Secretaria de Infraestrutura, em substituição a de Planejamento e incorporando parte das atribuições da secretaria de Obras, que passa a se chamar Secretaria de Serviços Públicos. Esta pasta de serviços públicos terá como objetivo a manutenção das vias públicas e logradouros (praças, parques) e vai incorporar a estrutura da ARAS (Agência Reguladora de Águas e Saneamento).

Fazenda
A secretaria de Gestão Financeira passa a se chamar secretaria de Fazenda e vai concentrar a administração do orçamento, arrecadação e liquidação; passando outras áreas como Cadastro Técnico Municipal e Divisão de Alvarás para outras pastas. A secretaria de Saúde terá a instituição de dois secretários adjuntos: um operacional e um de atenção básica.

A secretaria de Recursos Humanos será incorporada pela de Administração; a Fundação de Turismo passa a ser um departamento da secretaria de Indústria e Comércio e a TV Educativa será desativada como geradora de conteúdo local, mantendo-se apenas como repetidora da TV Cultura.

Economia
O prefeito destacou que estas extinções fazem parte de um pacote de medidas que visam enxugar a máquina e economizar recursos. “Nossa meta é conseguir uma redução de gastos de, pelo menos, 3,5% do orçamento. Já de imediato, com estas iniciativas, estimamos uma economia de 1,5% do orçamento de R$ 780 milhões”, enfatiza.

Será procedido, também, um corte no número de servidores comissionados de, no mínimo, 20% do total. Atualmente, existem 323 cargos, os quais, 289 tinham titulares. Todos estão exonerados e a recontratação será na medida da necessidade.

Os secretários municipais serão nomeados já no dia 1º de janeiro, os diretores administrativos das secretarias no dia 2; e os demais, ainda não tem prazo definido. O prefeito adiantou que os comissionados terão controle de frequência através de ponto biométrico e serão contratados por seis meses, com a renovação sujeita a avaliação de desempenho.

Rangel confirmou o envio de pedido de convocação de sessões extraordinárias para a Câmara Municipal já nos primeiros dias de janeiro.

Secretários municipais gestão 2017-2020

Marcus Vinicius Freitas 
(Procuradoria Geral do Município)

Bacharel em Direito pelo Centro de Ensino Superior dos Campos Gerais, advogado desde 2007, especialização em Direito Administrativo pelo Instituto Romeu Felipe Bacelar Jr.

Assessor Jurídico na Assembleia Legislativa do Paraná de 2007 a 2010.

Atual Secretário de Governo da Prefeitura de Ponta Grossa.


Fernando Rohnelt Durante
(Fundação de Cultura)

Publicitário, Diretor e Ator de Teatro. Diretor do Departamento de Cultura no período de 1989 a 1992. Único ator ponta-grossense premiado no FENATA, em 1978.

Apresentador do Programa Caminho das Pedras, na TV Educativa de Ponta Grossa, de 2008 a 2012.

Apresentador do Programa Cidade Entrevista, na Rede Massa desde 2014. Atual Presidente da Fundação Municipal de Cultura desde abril de 2016.

Paulo Henrique Carbonar
(Indústria, Comércio e Qualificação Profissional)

Bacharel em Administração de empresas, com especialização em Marketing pela Faculdade União, empresário desde 1998.

Atual Secretário de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional.


Paulo Eduardo Oliveira de Barros
(Secretaria de Meio Ambiente)


Engenheiro Agrônomo pela Universidade Estadual de Ponta Grossa. Mestre em Ciência e Tecnologia Ambiental pela Univali.

Ex Diretor de licenciamento e fiscalização ambiental do IAP. Atual Presidente do IPLAN.


Lauro Rodrigues da Costa Neto
(Controladoria Geral do Município)


Bacharel em Ciências Contábeis, pela Universidade Estadual do Paraná. Contador desde 1998, especialização em auditoria, planejamento empresarial, controle financeiro e administração pública.

Atual Controlador Geral do Município de Ponta Grossa.


Odailton José Moreira de Souza
(Fazenda)

Técnico em processamento de dados pelo Colégio Santana (1997), Bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade Estadual de Ponta Grossa – UEPG (2003), profissional contábil desde 2001, com MBA em Gestão Financeira, Controladoria e Auditoria pela Fundação Getúlio Vargas (2012).

Atual Secretário Municipal de Gestão Financeira (2013-2016) e Diretor Presidente da Companhia Pontagrossense de Serviços - CPS (2014-2016).

 

Celso Augusto Santanna
(Infraestrutura)

Engenheiro Civil graduado em 1993 pela UEPG e  pós Graduado em Engenharia de Produção pela Universidade Estadual de Santa Catarina e Engenharia de Segurança e Medicina no Trabalho pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná.


Márcio Ferreira (Serviços Públicos)

Bacharel em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo, pela UEPG - Universidade Estadual de Ponta Grossa.

Ativista ambiental há 30 anos na região dos Campos Gerais.

Atual Presidente da Aras em Ponta Grossa.


Eduardo Marques
(CPS)


Empresário e administrador desde 2005, especialista na área bancária e comercial, presidente da Companhia Pontagrossense de Serviços.

Dino Athos Schrutt
(Prolar)

Advogado formado pela Universidade Estadual de Ponta Grossa.
Possui o curso de técnico em contabilidade. É especialista em Direito Público pela ABDCONST - Academia Brasileira de Direito Constitucional Atuou na Audit Reports Team da FEC - Federal Election Comission nos Estados Unidos em 2012 como representante da Democrat's Authorized Committees Foreign.

Presidente da Companhia de Habitação de Ponta Grossa na gestão 2013 a 2016. Diretor Região Sul da ABC - Associação Brasileira de Cohab's Secretarias de Habitação.


Esméria de Lourdes Saveli 
(Educação)


Educadora que atua a mais de 47 anos na área de educação básica e ensino Superior. Graduada em Pedagogia e Letras, pela Universidade Estadual de Ponta Grossa. Mestrado e Doutorado em educação pela UNICAMP.

Estágio na França, no Instituto de Formação de Mestre e na Associação Francesa para leitura no período de 1998 a 2000. Pesquisadora da área de politica educacionais, leitura e formação de leitores. Foi coordenadora do curso de Pedagogia e Mestrado em Educação da UEPG. 
Foi Secretária Municipal de Educação de 2001 a 2004. Professora associada, aposentada da UEPG desde 2013.

Ricardo Luiz Torquato de Linhares
(Administração)

55 anos formado em Gestão Administrativa e Financeira, Tecnólogo em Finanças desde 2006.

Trabalhou na iniciativa privada até 2010 no ramo da construção civil. 2011 foi diretor Administrativo e Financeiro do Teatro Guaíra. 2013.

Chefe de Gabinete acumulando a Secretaria de Administração e Presidente da FUNEPO até 2016.


Ary Fernando Guimarães Lovato
(Cidadania e Segurança Pública)

Oficial Superior da Polícia Militar do Paraná. Oficial da reserva do Exército Brasileiro. Oficial convidado da Polícia Nacional da Colômbia e da Royal Canadian Mounted Police.

Professor da PUC Paraná há 30 anos. Especialista em Didática e Metodologia do Ensino Superior.
Mestre em Ciências pela USP. Conselheiro da UEPG.

Atual secretário Municipal de Cidadania e Segurança Pública desde Janeiro de 2013.


Roberto Pellissari 
(AMTT)


Engenheiro civil pela UEPG desde 1994. Presidente da AEAPG por dois mandatos, Gerente regional da Paraná Edificações desde 2013.

Ivonei Afonso Vieira
(Agricultura, Pecuária e Abastecimento)

Médico Veterinário-Universidade Estadual de Londrina, 1979. Bacharel em Administração-Universidade Estadual de Ponta Grossa, 1986. Curso de Especialização "Administração Geral e Estratégia"- Universidade Estadual de Ponta Grossa, 1989. 

Secretário Municipal de Agricultura Pecuária e Abastecimento, 2004 na Prefeitura de Ponta Grossa. Chew do N. R. Secretaria de Estado de Agricultura e Abastecimento, 2007. Gerente Regional da Claspar, 1986 e 2006. 
Chefe do Setor de Sanidade Avícola da Secreta de Estado de Agricultura e Abastecimento, 1994. 
Fiscal Regional do Serviço de Inspeção do Paraná- ADAPAR. Atual Secretário Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Ângela Conceição Oliveira Pompeu
(Saúde)

Bacharel em Direito Pela Universidade Do Oeste Paulista, Advogada desde 2001.

Especialização em Direito Previdenciário pelo Instituto Busato de Ensino; Especialização Lato Sensu Em Micropolítica em Saúde pela Universidade Federal Fluminense.

Atual Secretária Municipal de Saúde.

Simone Kaminski de Oliveira
(Assistência Social)

Formada em Economia pela Universidade Estadual de Ponta Grossa, empresária, presidente de honra e voluntária do Serviço de Obras Sociais (SOS) de Ponta Grossa de 2013 a 2016.

Alessandro Lozza Pereira de Moraes
(Chefe de Gabinete)

Farmacêutico e Bioquímico formado pela Universidade Estadual de Ponta Grossa. Pós Graduado na mesma instituição em Hematologia Clinica.

Vereador por quatro mandatos, tendo sido Presidente da Câmara Municipal em 2009. Farmacêutico responsável técnico da Rede de Farmácias Fleming por mais de dez anos. Atualmente atua ainda como Professor de Farmacologia para os cursos de Enfermagem e Medicina Veterinária na CESCAGE.

Atual Secretário de Obras e Serviços Públicos.

Ciro Ribas
(Iplan)

Graduado em Engenharia Civil pela UEPG. Empresário. Atuou por vários anos como Superintendente Regional do Departamento de Estradas de Rodagem – DER.

Atual Secretário de Planejamento.

Marcos Macedo
(Fundação Municipal de Esportes)

Graduado em Economia e Bacharel em Direito. Empresário.


 

 

COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS

  • Plantão da Cidade: Falha nossa, já corrigida. Agradecemos a observação.
    30/12/2016 20:52
  • Carlos Henrique Pedroso: olá gostaria de saber sobre o Presidente da Fundesp, que não consta na matéria, quem será o Presidente para esse próximo mandato.?? obrigado!
    30/12/2016 19:46

ENVIE SEU COMENTÁRIO

NOME:
EMAIL:
MENSAGEM:
*Seu comentário será avaliado e aprovado antes de ser publicado. E somente aprovaremos comentários com o nome completo e o e-mail do leitor.
- As informações e conceitos emitidos em colunas, matérias e artigos assinados são de inteira
responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do Plantão da Cidade.