23/12/2016
Estado supre déficit de R$ 5,5 milhões para pagamento de prestadores do SUS

O Governo do Paraná decidiu suprir o déficit de R$ 5,5 milhões dos recursos repassados pelo Governo Federal para pagamento dos prestadores de serviços de média e alta complexidade (Teto Mac) que estão sob a gestão estadual. O Fundo Nacional de Saúde deveria ter destinado ao Fundo Estadual R$ 71 milhões para quitar o pagamento aos prestadores, mas só repassou R$ 65,5 milhões.

“Não podemos ignorar as dificuldades financeiras dos hospitais e prestadores de serviços do SUS, por isso decidimos suplementar os recursos recebidos e garantir o pagamento total devido”, disse o secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto. Ele explica que o Governo do Paraná tem assumido um déficit anual de R$ 120 milhões para o pagamento dos prestadores de serviços do Sistema Único de Saúde no Estado.

Atendimento
“Temos o compromisso de garantir atendimento de qualidade aos nossos cidadãos e por isso o Governo do Estado tem assumido funções que seriam do Governo Federal, como o pagamento administrativo de leitos de UTI ainda não credenciados pelo Ministério da Saúde, o apoio aos Samus Regionais, entre outras situações”, disse Caputo Neto.

Além de suprir o déficit, o Fundo Estadual de Saúde também antecipou o repasse dos R$ 71 milhões da média e alta complexidade para esta sexta-feira (23), quando normalmente seria feito no último dia útil do mês.

Os recursos são destinados ao pagamento das internações hospitalares (AIH), serviços ambulatoriais e os referentes às portarias das Redes de Urgência e Emergência e Materno-Infantil.

COMPARTILHAR

ENVIE SEU COMENTÁRIO

NOME:
EMAIL:
MENSAGEM:
*Seu comentário será avaliado e aprovado antes de ser publicado. E somente aprovaremos comentários com o nome completo e o e-mail do leitor.
- As informações e conceitos emitidos em colunas, matérias e artigos assinados são de inteira
responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do Plantão da Cidade.