06/12/2016
UEPG e Justiça Eleitoral capacitam vereadores sobre saúde pública

Assessoria

A Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), por meio do Setor de Ciências Biológicas e da Saúde (Sebisa), e a Justiça Eleitoral da Comarca de Ponta Grossa promovem, nesta quarta-feira (7), a ‘I Roda de Conversa sobre Saúde Pública para o Legislativo Municipal’. As atividades iniciam às 8 horas, na Sala dos Conselhos (Bloco da Reitoria/Campus Uvaranas), com a participação dos atuais vereadores e os eleitos para a próxima legislatura, além de representantes do setor da saúde, Judiciário e Ministério Público.

De acordo com a diretora do Sebisa, professora Fabiana Postiglione Mansani, o encontro tem o objetivo de capacitar os parlamentares municipais para o debate sobre as questões que envolvem o Sistema Único de Saúde (SUS). A iniciativa está vinculada ao Projeto do Ministério da Saúde, PET GraduaSUS, cuja proposta é incentivar mudanças nos cursos de graduação na área da saúde com vistas à formação qualificada para o SUS. “Vamos instrumentalizar os vereadores eleitos para a gestão 2017/2020, com relação à saúde pública”.

O curso tem abertura programada para as 8h, com a presença do reitor Carlos Luciano Sant”Ana Vargas e da juíza eleitoral da Comarca de Ponta Grossa, Jurema Gomes. O primeiro módulo (8h45) abordará o ‘Processo Saúde Doença’, com apresentação do professor Erildo Vicente Muller, do Departamento de Enfermagem e Saúde Pública (Densp) da UEPG. Em seguida (10h30), o professor Carlos Eduardo Coradassi (Densp), falará sobre ‘Hierarquização e Regionalização da Saúde’.

No período da tarde (13h30), o encontro prossegue com o módulo ‘Atenção Primária Saúde – APS redes de atenção saúde’, ministrado pela professora Tatiana Menezes Cordeiro, diretora acadêmica do Hospital Universitário Regional dos Campos Gerais (HU-UEPG). O módulo 4 (14h30) terá a participação de agentes do Ministério Público, com o tema ‘MP Judicialização da Saúde’. No encerramento, a professora Fabiana Mansani fará um relato sobre a relação da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e a UEPG.

PET GraduaSUS UEPG
O programa PET GraduaSus tem cerca de 50 alunos envolvidos e ainda conta com os preceptores das Unidades Básicas de Saúde, vinculados à Secretaria Municipal de Saúde (SMS), parceria da UEPG na execução do programa e na atividade realizada nesta sexta-feira. O Pet-Saúde/GraduaSUS, é uma iniciativa que visa o fortalecimento das ações de integração-ensino-serviço-comunidade por meio de atividades que envolvam o ensino, a pesquisa e extensão universitária, e a participação social.

O programa também incentiva mudanças nos cursos de graduação na área da saúde com vistas à formação qualificada para o SUS. Os projetos devem propor ações que buscam desenvolver mudanças curriculares alinhadas às Diretrizes Curriculares Nacionais (DCNs); Qualificação dos processos de integração ensino-serviço-comunidade de forma articulada entre o SUS e as Instituições. Também visa envolver atores do SUS e da comunidade acadêmica como professores, estudantes, usuários, gestores e profissionais da saúde.

COMPARTILHAR

ENVIE SEU COMENTÁRIO

NOME:
EMAIL:
MENSAGEM:
*Seu comentário será avaliado e aprovado antes de ser publicado. E somente aprovaremos comentários com o nome completo e o e-mail do leitor.
- As informações e conceitos emitidos em colunas, matérias e artigos assinados são de inteira
responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do Plantão da Cidade.