10/11/2016
Confira os espetáculos que fazem a sexta-feira do Fenata

Assessoria

Por que o mar tanto chora? (Paré Grupo de Teatro, Ponta Grossa/PR)

A aproximação dos grupos teatrais nacional, estadual e local com o público ponta-grossense e da região prossegue na sexta-feira (11 de novembro) com a apresentação da peça “Por que o mar tanto chora?” que inicia a programação do dia. O espetáculo do Paré Grupo de Teatro, de Ponta Grossa (PR), integra a Mostra Paralela do festival e será apresentada no Cine Teatro Pax (Rua Dr Antônio Russo, 28 – Oficinas), às 14. Com autoria de Roberto Siemieniaco e direção de Ana Baldani, a peça conta a história da princesa Maria e sua irmã Lalá, que moram no reino de Foz do Iguaçu. Elas seriam duas lindas princesas não fosse por um detalhe: Lalá nasceu cobra, enrolada no pescoço de Maria, por encantamento do Macuco, um poder que mora dentro das cataratas. A história parece ter um final feliz! Mas, então, por que será que o mar tanto chora?


Bolha Luminosa - o marujo e a tempestade (Cia. de Teatro Lumbra, Porto Alegre/RS)

O espetáculo “Bolha luminosa – o marujo e a tempestade”, da Cia. de Teatro Lumbra, de Porto Alegre (RS), escrita por Alexandre Fávero, que atua também na direção, integra o Teatro de Rua do Fenata e será apresentada na Praça Santos Andrade, no Campus Central da UEPG, às 20 horas. Trata-se de performance de teatro de sombras contemporâneo para espaços alternativos ou rua. É realizado durante a noite, com um balão de nylon esférico e inflável que serve de superfície de projeção para imagens de luz e sombra. Mistura as linguagens da intervenção cênica, da música, do teatro de animação, e da instalação plástica com a interatividade dos artistas e do público. A performance (mostra não-competitiva) do grupo conta a história de um jovem marujo que chega em um porto e conhece uma moça e os dois se apaixonam. Quando o marujo segue viagem, é pego de surpresa por uma tempestade. Para que o amado seja salvo, um mistério deverá ser revelado.


Mazzoropi, um certo sonhador (Cia. Arte das Àguas, Ibirá/SP)

 

“Mazzaropi, um certo sonhador” é o espetáculo da Cia. Arte das Águas Ltda, de Ibirá (SP) que tem apresentação no Auditório A do Cine-Teatro Ópera (Rua 15de Novembro, 468), às 20h. Antonio Bucca e Carla Roncati são os autores da peça (mostra adulto) dirigida por Fabiano Amigucci e co-direção de Antonio Bucca. A narrativa envolve uma trupe ambulante que chega cantanto a vida e a obra do eternizado artista popular Mazzaropi. Ao deparar-se com a história encontram a si mesmos. Este ir e vir entre a vida do artista e a realidade dos atores traz à cena um jogo poético, cantado, encantador que leva a conhecer o artista consagrado, mas principalmente ao artista adormecido em cada um de nós.

O grupo Inksis Produções Artísticas Ltda, de Curitiba (PR) traz para o festival a peça “A beira do”, na mostra Dez em Cena, no Auditório do Campus Central da UEPG (Praça Santos Andrade, 1), às 22h30. Cristiane Macedo é autora e dirige o espetáculo que é um desfile de 14 cenas. Nelas, a atriz revela estados diferentes de humor e formas variadas de contar estórias de sua memória, de forma acessível e divertida. Em cada um desses momentos estão reveladas as pessoas da vida de todos nós: a mãe, a tia, as irmãs, os amores, os amigos. Na peça, há momentos de reflexão sobre o mundo em que vivemos e as relações íntimas que travamos em nosso caminho. O espetáculo tem a intenção de aproximar e tornar cúmplice palco e platéia. Mostra uma mulher que observa o mundo que a rodeia.


À Beira Do (Inksis Produções Artísticas Ltda, Curitiba/PR)

Para os espetáculos adultos (20h) e para a sessão “Às Dez em Cena” (22h30) os ingressos custam R$ 12,00 (inteira) e R$ 6,00 (meia).

Promoção e PatrocíniosRealizado pelo Ministério da Cultura, por meio da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, e pela Universidade Estadual de Ponta Grossa, por meio da FAUEPG, o 44º Fenata tem o patrocínio-máster da CCR RodoNorte e patrocínios da Caixa Econômica Federal, Moinho Cidade Bella, Viação Campos Gerais, Beaulieu do Brasil, Colégio Sepam, AP Winner, Consaúde, Tratorcase, Tratornew, MagParaná e Tozetto, além da parceria com a Prefeitura de Ponta Grossa, por meio das fundações de Cultura e de Turismo, e promoção da RPC. Apoiam também o festival a Sanepar, Deck Club, Hotel Planalto, Conselho Municipal de Política Cultural, Conselho Municipal de Turismo, TVM, Ideia Três, Ponta Grossa Campos Gerais Convention e Visitors Bureau, Aiouh Filmes, Voga Mídia Externa e Rádio Cescage 107 FM, além dos cursos de Turismo, Artes Visuais e Jornalismo da UEPG.

COMPARTILHAR

ENVIE SEU COMENTÁRIO

NOME:
EMAIL:
MENSAGEM:
*Seu comentário será avaliado e aprovado antes de ser publicado. E somente aprovaremos comentários com o nome completo e o e-mail do leitor.
- As informações e conceitos emitidos em colunas, matérias e artigos assinados são de inteira
responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do Plantão da Cidade.