09/11/2016
‘A Farra do Boi Bumbá’ abre programação do Fenata nesta quinta

Assessoria

 

O espetáculo ‘A Farra do Boi Bumbá’ abre a programação da quinta-feira (10 de novembro) do 44º Fenata (Festival Nacional de Teatro) da UEPG. A peça da categoria Teatro de Rua vai ser apresentada na Praça da Catedral, às 10h, pelo grupo Os Ciclomáticos Companhia de Teatro, do Rio de Janeiro (RJ). Ribamar Ribeiro é autor e dirige a peça que se desenvolve em torno de um rico fazendeiro que tem um boi muito bonito. Pai Chico, trabalhador da fazenda para satisfazer a sua mulher Catirina, que está grávida e sente desejo de comer a língua do boi, traz o objeto de desejo da esposa. Arma-se a confusão! Além da história do boi, o espetáculo mostra pequenos contos do folclorista Câmara Cascudo.

Para as 14 horas, o festival registra no espaço Teatro/Infantil Bonecos ‘Sacy Pererê – a Lenda da Meia Noite’, no Teatro Pax (Rua Dr. Antônio Russo, 28, Oficinas) com o grupo Cia de Teatro Lumbra, de Porto Alegre (RS). Trata-se de teatro de sombras contemporâneo inspirado em obra rara de Monteiro Lobato. De autoria de Alexandre Favero (também diretor), a peça tem 40 minutos. No espetáculo, dois sombristas contam a história de um aventureiro em viagem com seu cavalo, que é apanhado de surpresa pelo Sacy Pererê.

O perneta faz tantas diabruras que o homem cai e perde os sentidos. Acorda no dia seguinte sem nada. Ao chegar a um vilarejo próximo encontra ajuda e descobre quem era a criatura e como caçá-la. Então, caça o diabinho e prende-o em uma garrafa. Então, obriga o Sacy Pererê a devolver todos os seus pertences perdidos. Mas, antes de seguir viagem, por um descuido, o aventureiro solta o Sacy, que foge dando uma gargalhada. O espetáculo faz parte da mostra competitiva do festival.

Nada Menos e Chuá
No Auditório A, do Cine-Teatro Ópera (Rua 15 de Novembro, 468, centro), o grupo Carranca Coletivo Rio de Janeiro (RJ) encena, às 20h, ‘Nada Menos que Muito’, espetáculo da mostra competitiva que reúne peças curtas escritas pelo dramaturgo carioca Jô Bilac. Com adaptação e direção de Roberto Lima, a montagem trata da temática da cidade com a presença do homem contemporâneo, atravessado por suas neuroses, medos e desejos. São diferentes histórias tendo como endereço comum o ser humano. Não há ninguém a salvo no cotidiano da cidade.

O grupo Cia Theastai de Artes Cênicas, de Dourados (MS), traz ‘Chuá, uma Aventura no Pantanal’, às 22h30, no espaço “Às Dez em Cena” (mostra não-competitiva), no Auditório do Campus Central (Praça Santos Andrade, 1). Chuá é um espetáculo de teatro e circo para todas as idades. A peça escrita e dirigida por João Rocha mostra dois clowns turistas muito atrapalhados que chegam ao Brasil para conhecer o Pantanal e sua infinita beleza. Ao chegarem, os dois se deparam com um cenário incrível. Ficam encantados com a flora e fauna exótica do Pantanal. Encontram no lugar uma arara, uma vitória-amazônica, um boiadeiro pantaneiro e um casal de joão-de-barro. Também acabam tendo de lidar com as engraçadas investidas de um jacaré atípico, que deseja de todas as formas devorá-los.

Peças da Sexta-Feira
Para a sexta-feira (11 de novembro), o Fenata registra as peças ‘Bolha Luminosa – o Marujo e a Tempestade’ - Cia. Teatro Lumbra, Porto Alegre (RS); ‘Por que o Mar Tanto Chora?’ - Paré Grupo de Teatro – Ponta Grossa (PR); Mazzaropi, um Certo Sonhador - Cia Arte das Águas, Ibirá (SP); e ‘À Beira Do’ - Inksis Produções Artísticas Ltda, Curitiba (PR). O festival também tem peças na Mostra Especial que prevê 20 apresentações teatrais em espaços alternativos, como escolas da rede pública de ensino, entidades assistenciais, presídios, asilos e creches e outros interessados.

Para os espetáculos adultos (20h) e as peças do “Às Dez em Cena” (22h30), os ingressos custam R$ 12,00 (inteira) e R$ 6,00 (meia).

Promoção e Patrocínios
Realizado pelo Ministério da Cultura, por meio da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, e pela Universidade Estadual de Ponta Grossa, por meio da FAUEPG, o 44º Fenata tem o patrocínio-máster da CCR RodoNorte e patrocínios da Caixa Econômica Federal, Moinho Cidade Bella, Viação Campos Gerais, Beaulieu do Brasil, Colégio Sepam, AP Winner, Consaúde, Tratorcase, Tratornew, MagParaná e Tozetto, além da parceria com a Prefeitura de Ponta Grossa, por meio das fundações de Cultura e de Turismo, e promoção da RPC. Apoiam também o festival a Sanepar, Deck Club, Hotel Planalto, Conselho Municipal de Política Cultural, Conselho Municipal de Turismo, TVM, Ideia Três, Ponta Grossa Campos Gerais Convention e Visitors Bureau, Aiouh Filmes, Voga Mídia Externa e Rádio Cescage 107 FM, além dos cursos de Turismo, Artes Visuais e Jornalismo da UEPG.

COMPARTILHAR

ENVIE SEU COMENTÁRIO

NOME:
EMAIL:
MENSAGEM:
*Seu comentário será avaliado e aprovado antes de ser publicado. E somente aprovaremos comentários com o nome completo e o e-mail do leitor.
- As informações e conceitos emitidos em colunas, matérias e artigos assinados são de inteira
responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do Plantão da Cidade.