07/11/2016
Fenata começa a circular por Ponta Grossa

Assessoria

Foi dada a largada para a maratona teatral que movimenta a cidade todo ano. O 44º Festival Nacional de Teatro (Fenata) já está nas ruas de Ponta Grossa com a Mostra Especial. Diariamente, sete grupos se apresentam em quatro locais diferentes, o que irá resultar em 140 apresentações para formação de público até o dia 11 de novembro.

As peças serão encenadas em escolas, CMEIs, instituições, projetos sociais, asilos e penitenciárias, chegando a todas as regiões da cidade, além do distrito de Itaiacoca, Uvaia e Guaragi e na cidade de Carambeí. “Conseguimos atingir um público muito interessante com a Mostra Especial. Temos a expectativa de alcançar o número de 25 mil pessoas apenas com estas apresentações, ou seja, estaremos cumprindo com o que temos hoje como principal meta do festival, que é a formação do público. Isso irá refletir no desenvolvimento de uma sociedade mais justa e crítica através da arte”, acredita o coordenador desta mostra, Sérgio Falcão. Segundo ele, toda a agenda foi fechada em apenas três dias, “e isso mostra o interesse e a demanda das escolas e instituições por atividades artísticas”.

Um dos grupos que circulou nesta segunda-feira foi o Paré Grupo de Teatro, de Ponta Grossa. Formado há dois anos, o grupo já tem um histórico no Fenata na Mostra Paralela (para grupos locais) e chega agora à Mostra Especial com a peça ‘Valentina, a palhaça bailarina’. De acordo com Roberto Siemieniaco, diretor e ator do grupo, o fato de levar o teatro a lugares alternativos faz com que o festival ganhe mais potência. “Hoje já vimos que tem crianças procurando saber onde terão outros espetáculos, ou seja, funciona muito bem a questão de formação de público”, afirma.

Em apenas um dia, o grupo se apresentou em quatros escolas públicas diferentes, nos bairros da Ronda e Contorno. Roberto resume a reação do público na palavra ‘cumplicidade’. “É encantadora a receptividade e honestidade das crianças, como elas compram a história e acreditam nas personagens. Elas sentem a peça por completo”, diz, emocionado.

Segundo Wilton Paz, coordenador geral do Fenata, a realização da Mostra Especial só é possível graças aos patrocínios recebidos pelo projeto, que é aprovado pela Lei Rouanet e pelas leis municipais de incentivo à Cultura e ao Turismo. “Este ano pudemos aumentar o número de grupos selecionados e, consequentemente, de apresentações, pois tiveram empresas que acreditaram no poder transformador do teatro, como a CCR RodoNorte, Caixa Econômica Federal, Moinho Cidade Bella, Viação Campos Gerais, Beaulieu do Brasil, Colégio Sepam, AP Winner, Consaúde, Tratorcase, Tratornew, MagParaná e Supermercados Tozetto”, assinala.

Além do Paré, estarão circulando pela cidade os grupos Cia Prosa dos Ventos (São Paulo/SP), Cia de La Curva (Chapecó/SC), Cia Sonora (Curitiba/PR) e os ponta-grossenses Na Cia das Histórias e Um Dia de Arte. “Conseguimos colocar três grupos locais para se apresentar nessa categoria. Isso mostra também nossa preocupação com a formação dos nossos artistas, oportunizando uma experiência única e com cachê igual aos grupos de fora”, lembra Wilton.

Abertura
A abertura oficial do Fenata acontece na quarta-feira, 9 de novembro, às 20h, no Cine-Teatro Ópera. A peça que dá o pontapé inicial será ‘O Canto do Cisne’, da Mênades & Sátiros Cia de Teatro, de Presidente Prudente. Antes disso, às 19h30, o hall do teatro terá a abertura da exposição ‘Cleon Jacques’, oferecida pela Secretaria de Estado da Cultura, e que mostra um pouco da vida do ator e diretor de teatro nascido em Ponta Grossa e com grande repercussão em todo o Brasil. A atividade terá uma leitura dramática dos atores Edson Bueno, Rafael Camargo e Emílio Pitta, representantes de destaque do teatro paranaense. A programação completa do festival está disponível no www.uepg.br/fenata.

Ingressos
Para os espetáculos da Categoria Adulto (sempre às 20h, no auditório A do Cine-Teatro Ópera) e da Categoria Às Dez em Cena (às 22h30, no auditório B do Cine-Teatro Ópera e no Auditório da Reitoria, no Campus Central da UEPG) os ingressos custam R$ 12 (inteira) e R$ 6 (meia-entrada). Há ainda a opção de pacotes promocionais, com oito ingressos da Adulto ao preço de R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia) e cinco ingressos da Às Dez em Cena por R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia), ou ainda o pacote com os 13 ingressos a R$ 120 (inteira) e R$ 60 (meia). As entradas estão à venda na Proex, na Praça da Catedral (Praça Marechal Floriano Peixoto, 129, Centro), em horário comercial. Todas as demais apresentações têm entrada gratuita. Mais informações pelo telefone (42) 3220-3494.

Realização
Realizado pelo Ministério da Cultura, por meio da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, e pela Universidade Estadual de Ponta Grossa, por meio da FAUEPG, o 44º Fenata tem o patrocínio-máster da CCR RodoNorte e patrocínios da Caixa Econômica Federal, Moinho Cidade Bella, Viação Campos Gerais, Beaulieu do Brasil, Colégio Sepam, AP Winner, Consaúde, Tratorcase, Tratornew, MagParaná e Tozetto, além da parceria com a Prefeitura de Ponta Grossa, por meio das fundações de Cultura e de Turismo, e promoção da RPC. Apoiam também o festival a Sanepar, Deck Club, Hotel Planalto, Conselho Municipal de Política Cultural, Conselho Municipal de Turismo, TVM, Ideia Três, Ponta Grossa Campos Gerais Convention e Visitors Bureau, Aiouh Filmes, Voga Mídia Externa e Rádio 107 FM, além dos cursos de Turismo, Artes Visuais e Jornalismo da UEPG.

COMPARTILHAR

ENVIE SEU COMENTÁRIO

NOME:
EMAIL:
MENSAGEM:
*Seu comentário será avaliado e aprovado antes de ser publicado. E somente aprovaremos comentários com o nome completo e o e-mail do leitor.
- As informações e conceitos emitidos em colunas, matérias e artigos assinados são de inteira
responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do Plantão da Cidade.