07/11/2016
Pietro protocola Moção de Aplauso ao fotógrafo Rodrigo Covolan

Helcio Kovaleski - Assessoria

O vereador Pietro Arnaud (Rede), vice-presidente da Câmara Municipal de Ponta Grossa, protocolou, na tarde desta segunda-feira (7), a Moção de Aplauso 499/2016 endereçada ao fotógrafo Rodrigo Covolan, em razão da realização e promoção da quarta edição da série fotográfica "Allumè", a ser lançada oficialmente em vernissage especial para convidados e impressa no próximo dia 17, na Galeria de Artes da Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Culturais (Proex) da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). A exposição conta com curadoria de Natasha Dias e performance do DJ Mauricio Cury.

Na mostra, que recebeu o tema “Edição 4”, Rodrigo Covolan apresenta retratos no conceito "fine art" de doze personalidades que são destaques em diversas áreas de Ponta Grossa. "Rodrigo Covolan é um grande profissional e um artista com muitas qualidades. Faz tempo que ele vem contribuindo com a arte da fotografia, não só na cidade e na região, como também no Paraná e no País", afirma Pietro. "Sem dúvida alguma, essa Moção é mais do que merecida, tendo em vista o talento do Rodrigo", completa.

Repercussão
Segundo informa a justificativa da Moção de Aplauso, Rodrigo Covolan nasceu em Santa Bárbara d’Oeste (SP), em dezembro de 1980, e mora em Ponta Grossa desde 1994. Com formação técnica em Processamento de Dados pelo Colégio Santana, ele atua como fotógrafo profissional desde 2001. "Precursor da fotografia de moda na região dos Campos Gerais, Covolan ajudou a revelar dezenas de profissionais para os setores de moda e beleza e trabalhou na consolidação da fotografia de publicidade voltada ao segmento fashion", informa a justificativa.

Com trabalhos publicados internacionalmente, Covolan atuou como professor de Fotografia e Produção de Moda na Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) no curso sequencial de Estilismo e Produção, de 2006 a 2010. Especializado em beleza feminina e com mais de cinco mil ensaios produzidos, Covolan desenvolveu, em 2010, o projeto fotográfico "À Moda da Casa", que, pela primeira vez, uniu moda, turismo e literatura em Ponta Grossa e na região dos Campos Gerais. Segundo ele, foi a exposição fotográfica "mais visitada da história da cidade". Tal repercussão levou o projeto a ser reconhecido nacionalmente através da publicação especial com cinco páginas feita pela revista Fotografe Melhor, da editora Europa, a mais importante publicação da área em toda a América Latina.

Desde 2008, Rodrigo Covolan trabalha como repórter fotográfico no jornal Diário dos Campos. Atualmente, é diretor da Escola de Fotografia Allumè, fundada por ele, e professor de Fotografia no Centro Europeu. Também colunista social e crítico de moda, Covolan desenvolve, ainda, trabalhos específicos para a formação de jovens modelos, "o que qualifica nossa cidade como um celeiro artístico referência para todo o País". Seu trabalho gratuito para revelar jovens promissoras à carreira artística já reuniu mais quatro mil candidatas, "todas devidamente catalogadas e fotografadas gratuitamente como incentivo ao despertar de novas profissionais". Na área corporativa e comercial, Covolan reúne clientes como Frísia Cooperativa Agroindustrial, CCR Rodonorte, Unimed, Prefeitura, Joalheria Gravina, Mercadomóveis e Shopping Palladium.

Projeto
O projeto atual de Rodrigo Covolan – Allumè – apresenta personalidades de Ponta Grossa atuantes em diversos segmentos, reunidas em "portraits fine art", pelos quais o fotógrafo propõe "leituras artísticas ajudando na promoção e eternização memorável de pessoas que ajudaram na evolução da cidade de Ponta Grossa". "Um projeto único e na vanguarda dos grandes centros da arte mundial", afirma.

Segundo Covolan, ao todo, o projeto da quarta edição da série fotográfica Allumè consumiu dez meses de trabalho, sob a direção de moda e estilo da colunista e produtora Milena Cristo e direção geral do próprio fotógrafo. Na sua avaliação, a "Edição 4" será "um grande divisor de águas no segmento fotográfico da região, pois traz de volta para as galerias o segmento fotográfico mais intrínseco e contemplativo das artes, o retrato posado".

“O retrato foi muito popular na Idade Média por meio das pinturas sofisticadas sobre tela que eternizava o tempo daquelas gerações neste mundo. Obras icônicas surgiram dessa disposição em ser retratado sob a ótica de um artista. A fotografia digital banalizou essa atmosfera e posar para um retrato já não exige percepção artística ou intelectual: basta apertar o botão que tudo se finaliza em milésimos de segundo", observa Covolan. "O que propomos na Allumè é um resgate, onde posar para um fotógrafo gera uma relação de cumplicidade e anseio de ambos os lados”, diz.

A maquiagem das modelos é de Bruno Frasson e a produção dos cabelos, de Marcio Lima. O style artístico é do estilista Ully Massignan e a cenografia, da Gappe Produções e Eventos. As modelos convidadas vestem peças exclusivas da Cheia de Graça Vestidos; a De Mario Personalizações e a Moldura Minuto foram os responsáveis pela impressão e acabamento das obras, que poderão ser conferidas na Galeria de Artes da Proex, a partir do próximo dia 18, das 9 às 11h30 e das 13h30 às 17h30.

COMPARTILHAR

ENVIE SEU COMENTÁRIO

NOME:
EMAIL:
MENSAGEM:
*Seu comentário será avaliado e aprovado antes de ser publicado. E somente aprovaremos comentários com o nome completo e o e-mail do leitor.
- As informações e conceitos emitidos em colunas, matérias e artigos assinados são de inteira
responsabilidade de seus autores, não representando necessariamente a opinião do Plantão da Cidade.