Festival Literário de Ponta Grossa terá bate-papo com premiado escritor Milton Hatoum

Milton Hatoum, considerado um dos grandes escritores vivos do Brasil e vencedor dos principais prêmios literários do país, será a atração principal do VI Festival Literário de Ponta Grossa, realizado pela Fundação Municipal de Cultura e evento integrante do V Congresso de Educação e IX Feira do Livro.

O bate-papo com o autor acontece no dia 12 de setembro, às 19h30, no auditório do Colégio e Faculdade Sant’Ana, com entrada gratuita. As inscrições prévias, com vagas limitadas, estão disponíveis no site sme.pontagrossa.pr.gov.br/vcongresso2017.

O escritor manauara Milton Hatoum é autor dos romances ‘Relato de um certo Oriente’ (1989) e ‘Dois Irmãos’ (2000) — ambos vencedores do prêmio Jabuti; ‘Cinzas do Norte’ (2005), obra vencedora dos prêmios Jabuti, Bravo!, APCA e Portugal Telecom; da novela ‘Órfãos do Eldorado’ (2008) e da coletânea de crônicas ‘Um solitário à espreita’ (2013).

Seus livros já venderam mais de 200 mil exemplares no Brasil, foram traduzidos em 12 línguas e publicados em 14 países. Em janeiro deste ano, ‘Dois Irmãos’ foi transformada em minissérie, exibida na TV Globo com direção de Luiz Fernando Carvalho.

A vinda de Hatoum à Ponta Grossa faz parte de uma parceria com a Secretaria de Estado da Cultura e Biblioteca Pública do Paraná. A Caravana Literária, que integra uma extensa agenda do Mês da Literatura do Paraná, vai levar autores para vários municípios do estado em bate-papos sobre leitura, livro e literatura. “Mais uma vez, a atual gestão da Secretaria de Estado da Cultura mostra que está se aproximando dos municípios do interior em ações efetivas.

Nosso relacionamento com o secretário Fiani tem possibilitado diversas parcerias que trazem benefícios aos ponta-grossenses em atividades de grande importância no setor cultural.

Só temos a agradecer por este olhar voltado a todo Paraná e à nossa cidade”, conta o presidente da Fundação Municipal de Cultura, Fernando Durante. Para o secretário de Estado da Cultura, João Luiz Fiani, promover ações como o Mês da Literatura valoriza a história do Paraná. “Nós reconhecemos a literatura como uma importante ferramenta de diversidade cultural e ampliação de horizontes.

A literatura também contribui, sobremaneira, para o estímulo e formação do público, que tem a possibilidade de entrar em contato com múltiplas realidades”, explica.

Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: