Exame feito no laboratório municipal de Castro detecta síndrome rara

Um exame de sangue realizado no Laboratório Municipal de Análises Clínicas de Castro, no Hospital Ana Fiorillo Menarim, diagnosticou a síndrome de Chediak-Higashi, doença que afeta as células do sistema imune e com menos de 500 casos reportados no mundo durante os últimos 20 anos.

De acordo com o bioquímico Leandro Verdile, esta foi a primeira vez na história do laboratório que foi detectada uma doença com essas características. Ele explica que a Chediak-Higashi só pode ser atestada por exames estritamente laboratoriais. “Isso mostra que nossos profissionais estão atualizados e que há uma preocupação constante com a qualidade dos exames que fazemos”, disse.

O exame foi encaminhado para um hematologista do Hospital Universitário Regional dos Campos Gerais que entrou em contato com a família do paciente, que é de Castro, e está estudando o caso. “Esta descoberta é importante porque vai contribuir para o tratamento do paciente, para a divulgação desta síndrome e o melhor conhecimento da doença”, finalizou.

 

%d blogueiros gostam disto: