De olho na Taça FPF, Operário inicia preparação do sub-23

Rebaixado no Campeonato Paranaense e eliminado da Copa do Brasil, a Taça FPF foi a redenção do Operário na temporada passada. O título garantiu a vaga da equipe alvinegra na Série D deste ano. Voltando a disputar a competição, dessa vez o Operário Ferroviário vai em busca do bi-campeonato.
O Fantasma estreia na competição no dia 6 de agosto em casa, no Germano Krüger. O adversário é a Portuguesa Londrinense, equipe que o Operário enfrentou na Divisão de Acesso. Os horários dos jogos nos finais de semana seguem às 11h00.
Revelado na edição passada do torneio, o volante Thalles agora pode ser considerado um veterano do time. Depois de ter jogado com o sub-23, foi integrado ao elenco profissional e jogou algumas partidas. Agora o jogador se mostra como um dos líderes do time: “Eu tenho ajudado os meninos a se integrarem, esse relacionamento nos dá um entrosamento maior e mais sólido”, conta.
Com pouco tempo para o início da competição, o prata da casa fala sobre a preparação rápida da equipe: “As outras equipes vem trabalhando a mais tempo mas isso não pode servir como desculpa. Nós vamos trabalhar ao máximo para chegar e desempenhar um bom papel no Sub-23”.
Outro jogador que esteve no título do ano passado e disputará o torneio esse ano, é o volante Alexandre. O atleta considera que a Taça FPF possui boa visibilidade e por isso é interessante jogá-la e manter o título. “Eu e o Thalles temos mais entrosamento agora e também mais experiência. Somando tudo isso, nós iremos nos preparar e chegar forte na competição”, comenta.

Até então, o Fantasma já tem amistoso marcado contra o Prudentópolis, no próximo sábado (29). Para Alexandre, mesmo com o pouco tempo para a preparação, o Operário deve se impor no torneio: “Pra gente que já estava aqui, não é desculpa. Temos que dar o dobro de quem está chegando para poder ter um bom desempenho na competição”.

Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: