Curso de capacitação sobre drogas e realizado em Palmeira

​​Mais de 100 pessoas participaram do curso de capacitação técnica sobre drogas, ministrado pelos Irmãos Venâncio, do Centro Antitóxicos de Prevenção e Educação (CAPE) e da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc). O evento foi realizado na terça-feira (26) e quarta-feira (27), no Salão Paroquial, através do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) da Secretaria Municipal de Saúde.

A abertura do curso contou com a presença do secretário de Gestão Pública, Geraldo Nepomuceno das Neves, que representou o prefeito Edir Havrechaki, da secretária de Saúde, Fabiani Bach, do presidente da Câmara de Vereadores, Anselmo Heimbecher Osório, do presidente do Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas (Comad) Ponta Grossa e coordenador do Centro de Integração Social (CIS) Ponta Grossa, Claudimar Barbosa da Silva, e José Pereira da Silva, representando o Conselho Municipal de Políticas sobra Drogas (Comud) de Palmeira.

A palestra foi ministrada por Cristina Venâncio e Nelson Venâncio Filho, instrutores do Cape/Denarc. Eles abordaram as características de diferentes tipos de drogas, os prejuízos, efeitos e consequências do uso e também falaram sobre o comportamento do dependente químico.

O público ainda pôde debater com os palestrantes sobre os problemas relacionados às drogas. Ao final do segundo dia de curso, os participantes receberam um certificado com carga de 8 horas.

Para a secretária de Saúde, o aprendizado será de grande valia para os participantes. “Fico feliz em ver esse salão repleto de pessoas para aprender e debater sobre esse tema. Para nós da área da saúde, em especial, que enfrentamos casos relacionados a drogas em nosso dia a dia, o conhecimento adquirido é muito importante”, destacou Bach.

O secretário de Gestão Pública falou sobre a importância dos participantes utilizaram o conhecimento em prol da comunidade. “Acho importante que tanta gente participe da palestra. As drogas são um problema mundial e precisamos de cada vez mais conhecimento para enfrentá-lo. Que cada um dos participantes seja uma semente e que espalhem o conteúdo adquirido no curso na comunidade em que vivem”, disse Neves.

O curso realizado pela Secretaria de Saúde, através do CAPS, também contou com o apoio das secretarias de Assistência Social, de Educação, de Cultura, Patrimônio Histórico, Turismo e Relações Públicas, do CAPE, Denarc, CIS e Comud.

%d blogueiros gostam disto: