Cultura e sabedoria japonesa ajudaram o Paraná a se tornar uma potência

A governadora em exercício Cida Borghetti destacou a importância da comunidade japonesa no desenvolvimento do Paraná. Acompanhada do ministro da Saúde, Ricardo Barros, e do prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, ela participou neste sábado (17), em Londrina, no Norte do Estado, da Expo Japão 2017, o maior evento de promoção e divulgação da cultura japonesa no Norte do Estado.

“Os imigrantes japoneses ajudaram na construção do Brasil e do nosso Estado. A cultura e a sabedoria milenar japonesa foram essenciais para que o Paraná se tornasse a potência que é hoje, principalmente no setor agrícola”, afirmou Cida Borghetti. “A Expo Japão reúne toda essa tradição e mostra à comunidade de Londrina a força e a importância da cultura japonesa”, disse

Cida lembrou que o Brasil abriga a maior comunidade japonesa fora do Japão, somando mais de 1,6 milhão de japoneses e descendentes. O Paraná é o segundo estado brasileiro com maior número de descendentes, atrás somente de São Paulo. A maior comunidade nipo-brasileira do Estado está localizada na região de Londrina. As cidades do entorno, como Assaí, Arapongas, Rolândia, Ibiporã, Cambé e Uraí, formam uma comunidade com mais de 40 mil descendentes.

O ministro Ricardo Barros também destacou a importância do evento na divulgação da cultura japonesa no Norte do Estado. “As manifestações culturais e a tradição que é ensinada geração a geração são muito importantes. A organização da festa nos permite apreciar todo o caldo cultural e a relação com a comunidade nipo-brasileira, que está presente há mais de cem anos em nosso País”, declarou.

EXPO JAPÃO

Cerca de 30 mil pessoas devem passar pela Expo Japão nos cinco dias de evento (14 a 18 de junho). A festa, que reúne arte, cultura, gastronomia, esporte, produtos agrícolas, debates técnicos e outras atrações, faz parte do calendário de Eventos Oficiais do Estado do Paraná e do calendário de Comemorações Oficiais da cidade de Londrina. A iniciativa e da Associação Cultural e Esportiva de Londrina (ACEL), conta com o apoio de centenas de pessoas, japoneses e descendentes, que se dedicam voluntariamente ao evento.

O coordenador da Expo Japão, Luciano Matsumoto, afirmou que esta é a maior festa da comunidade nipo-brasileira do Norte do Paraná. “São 56 anos de festa, que se iniciou com a Exposição Agrícola da Acel. A Expo Japão dá continuidade a essa festividade em Londrina e toda a região”, disse.

%d blogueiros gostam disto: