Após audiência, Stocco propõe mudanças na regulamentação do Uber

Audiência pública foi convocada e presidida pelo parlamentar da Rede Sustentabilidade. Reunião lotou o plenário da Câmara Municipal nesta terça-feira (14).

O vereador Geraldo Stocco (REDE) deverá propor novas mudanças no funcionamento do aplicativo Uber em Ponta Grossa. As alterações são fruto da audiência pública convocada pelo parlamentar e realizada na tarde de terça-feira (14) no plenário da Casa de Leis. Stocco quer acabar com a proibição de carros com placas de outros municípios atuarem no serviço e também fixar uma taxa fixa a ser cobrada pela Prefeitura.

As emendas foram apresentadas por Stocco (foto) em parceria com o vereador Rudolf Polaco (PPS) e preveem alterações em um projeto de lei (PL) apresentado pelo Poder Executivo. “Foi muito positivo ouvir os motoristas e representantes dos órgãos públicos, estamos buscando encontrar um consenso na regulamentação do serviço do Uber sem inviabiliza-lo”, explicou Stocco.

A proposta inicial do Executivo prevê uma cobrança fixa de R$ 1 a cada quilômetro rodado, Stocco e Rudolf querem que exista uma cobrança fixa de R$ 0,15 por corrida, independentemente da duração da corrida. Além disso, a proposta da Prefeitura prevê que apenas carros com placas de Ponta Grossa atuem no aplicativo. “Muitas pessoas trabalham no Uber com veículos alugados e com placas de outros lugares”, explicou o vereador da Rede.

As emendas apresentadas por Stocco, em parceria com o vereador Rudolf, líder do Governo, irão tramitar pelas comissões internas da Casa de Leis e serão votadas, junto com o projeto original, em plenário. “Quero que o Uber seja regulamentado de uma forma possível, mas também quero que o serviço de táxi público seja atualizado”, explicou o vereador fazendo menção à atualização nas regras de concessão do serviço de táxi.

Ainda sobre o Uber, o vereador também quer a retirada da proibição para que funcionários públicos possam atuar no aplicativo.

Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: